18 de mar de 2012

Vai uma vírgula aí?

Poucos são os sinais de pontuação que causam tanta dúvida em produções textuais quanto a vírgula. Mesmo recheadas de tantos "mistérios" quanto ao seu emprego, não dá para ficar indiferente à sua existência. Sempre que escrevemos um texto, ainda que pequeno, ainda que de apenas um único parágrafo, lá estão as pequeninas marcando presença (até agora, já nasceram cinco só aqui).

Tatiana Belinky narra, em "Quem é importante?", uma divertida discussão entre os vários sinais de pontuação. Brigava-se para decidir quem era o mais importante dentre todos eles. Sobre as vírgulas, escreve a poetisa: 
"Vírgula curtiu isso".

E vêm as Vírgulas dengosas
Muito falantes, muito prosas,
E anunciam: - Nós meninas
Somos as pausas pequeninas,
Que, pelas frases espalhadas,
São sempre tão solicitadas!

Pequeninas, dengosas e muito importantes, as vírgulas representam pequenas pausas quando lemos os textos. Entretanto, sua função na construção semântica (referente ao sentido) do texto é bem maior do que muita gente pensa. Espia só:

Vírgula pode ser uma pausa (ou não).
Não, espere. (Estou aguardando.)
Não espere... (Beijo, já fui!)

Ela pode sumir com seu dinheiro.
R$ 23,4. (Sô riko! \o/\o/)
R$ 2,34. (Tô pobre de novo. "/ )

Pode criar heróis.
Isso só, ele resolve. (Só resolve isso, mais nada. inútil!)
Isso só ele resolve. (Então chama esse homem now!)

Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido. (Vamos sentar e chorar, então.)
Vamos perder nada, foi resolvido. (Grazadeus, resolveram!!)

A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber. (Sua opinião só interessa a você, meu filho.)
Não, queremos saber. (Diga, diga, queremos ouvi-lo.)

A vírgula pode condenar ou salvar (1).
Não tenha clemência! (Condene-o! MUAHAHAHA!)
Não, tenha clemência! (Misericórdia. Ajuda eu!!!)

A vírgula pode condenar ou salvar (2).
Eu não matei Joana D'arc. (Quando ela morreu, eu estava no cinema, juro!)
Eu não, matei Joana D'arc. (Fui eu mesmo, e daí?! Vai encarar?!!) 

Se as vírgulas tivessem o poder que merecem, coisas desse tipo aconteceriam o tempo todo: 

Se não entendeu, leia sobre as vírgulas e os vocativos. Se nem assim, pergunta nos coments.

Para finalizar, um exercício para você: 

a) Acrescente, no período abaixo, uma única vírgula no lugar que considerar mais conveniente:

SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.

--
Resposta:

Se for mulher, certamente colocou a vírgula depois de "mulher".
Se for homem, certamente o fez depois de "tem". 

E fim de papo, 

16 de mar de 2012

Aprenda a zerar uma prova


As avaliações bimestrais já estão a todo vapor. Tem aluno passando mais tempo na escola (atrás de atendimento, monitoria, milagre etc.) para ver se se dá bem. Caso você não seja um desses alunos e que, portanto, está pensando em começar a estudar na semana da avaliação, uma dica: quando receber a prova e perceber que não consegue responder nada, faça qualquer coisa (chore, durma, reze, descabele-se...), mas não nos tente enrolar “enchendo linguiça”. Porque escrever qualquer coisa para ver se pelo menos recebe uns pontinhos não vai funcionar.

Veja um exemplo de uma prova na qual o cerumano responde todas as questões de modo até coerente, mas não adequadamente:  


Moral da história 1: você pode até ser muito criativo, mas sem o devido preparo não vai alcançar seus objetivos.  
Moral da história 2: desliga esse computador e vai ler um livro!